ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Seminário Policultivo de Tilápias e Camarões é realizado em Assis

Sexta-feira, 28 de julho de 2017

Visualizada 134 vezes

"Aumento de produtividade e sustentabilidade" 


Da Assessoria

 

A secretária de Agricultura e Meio Ambiente do município de Assis Chateaubriand, realizou na manhã da última quinta-feira, 27, o I Seminário Policultivo de Tilápias e Camarões.

O evento ocorrido no Auditório do Centro de Convenções da prefeitura reuniu um seleto grupo de agricultores do município, além dos apoiadores do evento, como representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato Rural Patronal, Emater, UFPR, IFPR e Rotary Clube

Segundo os organizadores, policultivos na aquicultura são definidos como sistemas de produção que utilizam duas ou mais espécies aquáticas no mesmo ambiente (viveiro ou tanque) e além de produzir ganhos adicionais ao aqüicultor sem praticamente aumentar os custos operacionais, melhora aspectos da ecologia dos viveiros, principalmente no que diz respeito à qualidade da água de cultivo.

Com a iniciativa, o município inicia um projeto de apoio aos agricultores para melhorar suas práticas sustentáveis.

Para a secretária de Assistencia Social, primeira dama Franciane Micheletto, que na oportunidade representou o prefeito Marcel Micheletto, a intenção do seminário foi fomentar essa modalidade de produção dentro da cadeia produtiva como mais  uma opção para os produtores.  “ Assis tem grande quantidade de tilápia então por que não juntar com o camarão tem um custo barato e pode estar ajudando na produção da tilápia e agregando uma renda extra dentro desse cultivo. Um avanço para nossa região”, disse Franciane.        

Segundo o palestrante, dr. Eduardo Luiz Cupertino Ballester o objetivo foi  transferir conhecimentos sobre a produção de camarão de água doce e policultivo com tilápia para os produtores de Assis. De acordo com Eduardo, Assis é uma cidade bastante proeminente em questão da agricultura da região e a ideia é despertar o interesse nos produtores. “Nosso projeto começou desde 2010 em Palotina e começamos timidamente com alguns produtores porque precisávamos da forma jovem que era comprado no Rio de Janeiro, mesmo assim ao longo desses 7 anos tivemos muitos resultados. O camarão de água doce é um produto muito bom refinado”, declarou. 

Para o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Juan Carlos Alves, com o evento, o município proporcionou aos presentes uma manhã de estudos sobre a situação atual da produção de camarões de água doce. “Queremos dar continuidade neste trabalho, reunindo agora os produtores que manifestaram interesse na produção para aprofundar os estudos.  A UFPR vem desenvolvendo um brilhante projeto de extensão que incluem a promoção da carcinicultura como forma de incrementar a renda nas propriedades rurais da região e tem demonstrado viabilidade na produção de camarões”, declarou.

 

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-Feira, das 08:00 às 12:00 - 13:30 às 17:30. CANAL DE ATENDIMENTO: Disque 156!

Última atualização do site:   22/01/2018 17:05:57