Da Assessoria Um projeto e uma parceria iné

Quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Última Modificação: 16/09/2015 09:03:35 | Visualizada 676 vezes


Ouvir matéria

Da Assessoria

Um projeto e uma parceria inédita entre o município de Assis Chateaubriand, através da secretaria de Assistência Social e do curso de Agroecologia do Instituto Federal do Paraná – IFPR – está mudando a vida de famílias beneficiárias de programas assistidos pelo Centro de Referência de Assistência Social - CRAS, através dos programas “Labore” e “Nós e Nossos filhos”. O projeto piloto “Soberania Alimentar: Horta Comunitária” consiste na disponibilização de verduras e legumes como couve, brócolis, repolho, quiabo, cenoura, beterraba, alface, abobrinha para cerca de 100 famílias que participam desses programas e ainda recebem o benefício eventual, cesta básica do município. “A parceria tem como objetivo tanto trabalhar com os alunos bolsistas do IFPR, que buscam a partir desse conhecimento aprender o manejo de uma horta orgânica, como também garantir enquanto município a segurança alimentar dessas famílias assistidas. Quando nos idealizamos esse projeto, com esses parceiros, que é o IFPR e o CRAS, pensamos em atender as famílias que já recebem a cesta básica, já que essas pessoas não têm condições de provê o seu próprio alimento, menos ainda o que vem acrescentar na alimentação, como legumes e verduras, para que assim consumam alimentos importantes para a nutrição de cada pessoa da família”, afirmou a secretária de Assistência Social, Franciane Micheletto. Ainda de acordo com a secretária, desde 2013 o projeto está em andamento. “O município cedeu o espaço físico, terreno, e o IFPR entrou com a mão de obra e assistência técnica dessa horta, fazendo então todo o cultivo e o manejo dos alimentos que são colhidos duas vezes por semana e repassados as famílias cadastradas. Um dia antes da colheita, a secretaria disponibiliza um funcionário para ligar a todas as famílias avisando que no dia seguinte haverá entrega de verduras bem como o que será distribuindo, fazendo assim com que as famílias comparecem no dia solicitado para a retirada”, afirmou Franciane.
Para as famílias beneficiadas, o alimento não poderia ser melhor. “Para nós é difícil comprar esses alimentos devido ao seu custo, por isso quando me ligam eu venho correndo buscar. Além de serem importantes para a alimentação as verduras ajudam no desenvolvimento das crianças”, afirmou Cleunice do Nascimento, que vem semanalmente retirar as verduras na horta.
O projeto, que é desenvolvido pelo IFPR, através da coordenação das professoras Tatiane Martinazzo Portz, Eliana Peliçon Pereira, Natásia Jersak e Leiliane Cristiane de Souza e com a participação de aproximadamente sete alunos, tem como objetivo “suprir uma deficiência alimentar das famílias, que não tem condições de comprar hortaliças. Esse projeto visa atender essas famílias que já são de alguma forma beneficiadas pelo município. No curso de Agroecologia os alimentos são produzidos e posteriormente o município faz então a distribuição para as famílias cadastradas”, afirmou a professora Tatiane. Já a professora Eliana, enalteceu que os alunos comparecem a horta de duas a três vezes por semana, plantando, capinando, adubando, aguando e ainda fazendo o estudo de quais alimentos são mais propícios para cada estação do ano.
O prefeito Marcel Micheletto esteve nessa semana acompanhando a distribuição de verduras e destacou a iniciativa. “Nosso reconhecimento a secretaria de Assistência Social ao Instituto Federal pela importante parceria que já está gerando frutos. Quanto mais alimentos saudáveis, de qualidade, nossa população consumir, menos pessoas dependeram do atendimento nos postos de saúde. É essa conscientização que devem ter em escolher alimentos orgânicos e de qualidade, que além de tudo, nutrem nossas crianças e idosos”, afirmou.

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-Feira, das 08:00 às 12:00 - 13:30 às 17:30.

Última atualização do site:   //