Assis em movimento

Assistência Social desenvolve ação contra a violência da mulher

Segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Última Modificação: 25/09/2017 09:37:54 | Visualizada 331 vezes


Ouvir matéria

Da Assessoria

 

A violência contra a mulher é entendida como qualquer ato ou conduta, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto público como privado. 

Dentro deste contexto, o município de Assis Chateaubriand por meio da secretaria de Assistência Social e da Mulher realizou na tarde da última quinta-feira, 21, em plena Avenida Tupãssi o evento Assis em movimento. A ação teve como objetivo principal sensibilizar a comunidade e cobrar ações concretas para que a violência contra a mulher tenha fim.           

Segundo dados informados pela primeira-dama Franciane Micheletto,  estima-se que mais da metade das mulheres agredidas sofram caladas e não pediram ajuda. A vergonha, dependência emocional ou financeira do agressor são alguns dos principais motivos para este silêncio. “Temos que dar um basta nisso. Nós mulheres não devemos aceitar nenhum tipo de agressão. Não podemos nos permitir a nenhum tipo de violência”, complementou. 

Em nossa sociedade muita gente ainda acha que o melhor jeito de resolver um conflito é a violência e que os homens são mais fortes e superiores às mulheres. Embora muitas vezes o álcool, drogas ilegais e ciúmes sejam apontados como fatores que desencadeiam a violência contra a mulher.

Os números de violência contra as mulheres são impressionantes. De acordo com a OMS, quase metade das mulheres assassinadas são mortas pelo marido ou namorado, atual ou ex. Pelo menos umas em cada três mulheres apanham, são violentadas ou forçadas a manter relações sexuais em algum momento de sua vida. No Brasil, uma mulher é espancada a cada 15 segundos.

Em nome do prefeito Marcel Micheletto, o vice-prefeito João Aparecido Pegoraro destacou a importância de ações como estas para chamar a atenção de toda sociedade para este problema enfrentado por muitas mulheres em nosso município. ”Nós homens estamos em defesa das mulheres, pois não podemos compactuar com esse tipo de fato. Nós da administração estamos preocupados com os casos existentes, temos o dever de desenvolver ações como estas para alertar a todos.

Participaram ainda do evento, a chefe do Núcleo Regional de Educação, Marineide Azevedo Dioto, secretário de Esportes Elder Coutinho, entre outras autoridades.

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-Feira, das 08:00 às 12:00 - 13:30 às 17:30.

Última atualização do site:   //