Agosto Lilás: Mês de conscientização e combate à violência contra a mulher

Quarta-feira, 23 de agosto de 2023

Última Modificação: 23/08/2023 11:41:39 | Visualizada 177 vezes


Ouvir matéria

Agosto Lilás: Mês de conscientização e combate à violência contra a mulher

A Campanha Agosto Lilás foi criada em alusão à Lei Maria da Penha, sancionada em 07 de Agosto de 2006, na intenção de inibir os casos de violência doméstica no Brasil.  A Lei 14.448/22 institui o Agosto Lilás como mês de proteção à mulher, a fim de conscientizar a população pelo fim da violência contra a mulher. O Agosto Lilás nasceu com o objetivo de alertar a população sobre a importância da prevenção e do enfrentamento à violência contra a mulher, incentivando as denúncias de agressão, tentando levar informação e conscientizar a população.

A Secretaria de Assistência Social e da Mulher por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS realizará durante todo o mês de Agosto ações para levar informações a população chateaubriandense no intuito de conscientizar sobre essa temática tão importante em nossa sociedade, a equipe do CREAS que presta atendimento psicossocial/interdisciplinar às mulheres vítimas de violência do município realizará Rodas de Conversas nos grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família - PAIF do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV do CRAS e no Centro de Convivência do Idoso, bem como, aconteceu na última sexta-feira (18) o evento “Ônibus Lilás”.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) é uma unidade pública integrante do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), onde são ofertados serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos que estão em situação de risco pessoal e social ou tiveram seus direitos violados. As mulheres que sofreram ou sofrem algum tipo de violência são atendidas pelo equipamento, com orientação, apoio e acompanhamento, contribuindo para romper com padrões violadores de direitos e trabalhando na prevenção da reincidência.

A Secretária de Assistência Social e da Mulher e vereadora licenciada, Elizandréia Pardinho Silva destaca a importância de se discutir e enfrentar esse grave problema social. “Durante todo o mês, diversas ações foram realizadas para conscientizar a população sobre a violência contra a mulher. É fundamental que a sociedade se envolva nessa luta e denuncie qualquer tipo de violência contra as mulheres. A Secretaria de Assistência Social e da Mulher e a gestão municipal estão à disposição para atender e orientar mulheres vítimas de violência, bem como promover ações educativas para prevenir essa violência. Juntos, podemos fazer a diferença e garantir uma sociedade mais justa e igualitária para todos”, ressaltou Elizandréia.

Denúncias de violência contra a mulher podem ser registradas de forma anônima no Disque 180 - Central de Atendimento à Mulher, disque 190 - Polícia Militar, Secretaria de Assistência Social e da Mulher (44) 3582-8487, e no CREAS situado na Avenida dos Pioneiros, 788 – Centro, telefones (44)3528-8488 ou (44) 9 9153-6965.

 

 

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-Feira, das 08:00 às 12:00 - 13:30 às 17:30.

Última atualização do site:   //